Osamu Shimomura

Nascido em Kyoto, a 27 de agosto de 1928, o químico e biólogo marinho Osamu Shimomura faleceu hoje aos 90 anos de causas naturais.
Sobrevivente do bombardeamento atómico de 1945, Osamu licenciou-se em química no ano de 1951 na Universidade de Nagasaki. Mudou-se mais tarde para a Universidade de Princeton onde encontrou uma proteína a partir de 10 mil amostras de medusas na Costa Oeste dos Estados Unidos. Esta descoberta revolucionária permitiu criar uma ferramenta que os investigadores usam para rastrear o movimento de moléculas dentro de uma célula.
Shimomura com os seus estudos sobre a proteína da medusa, ganhou o Prémio Nobel de Química em 2008, em que juntamente com dois cientistas norte-americanos, desenvolveram uma proteína verde fluorescente a partir dos órgãos fotoluminescentes da medusa, algo muito importante para os estudos do cancro.
O mundo da química assim se despede, agradece e homenageia Osamu pelo seu grande trabalho.
Pelouro da Pedagogia e Ciência | NEQ/AAC


Sem comentários :

Enviar um comentário